quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Kenzo Amour





Mon amour! Que cheirinho bom!
Comprei o Kenzo Amour há uns 4 anos e faz uns bons 6 meses que estou sem usá-lo, daí resolvi passar antes de dormir e... meu Deus! É muito bom!

Floral amadeirado com notas de almiscar, flor de narciso amarelo, flor de cerejeira do Japão, madeira de Thanaka, incenso, arroz, baunilha, chá branco da China.

Não sou nada boa para identificar as notas, mas percebo uma baunilha suave, almiscar, incenso,arroz e madeiras. Resumindo: baunilha com madeira. Conforto absoluto. Perfume macio e noturno. Nada de azedo ( eu não gosto), nada de cítrico, nada de frutas, nem flores banais. É quentinho, mas pode combinar muito bem com uma noite de verão!

Nota: Vou dar 8 porque ele é mais que muito bom, é ótimo.

Denise.

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Eau de Shalimar - Eau de Toilette





Eau de Shalimar - Eau de Toilette Hummmmmm...
É delicioso!
Surpresa agradável!
Começa com um limãozinho ou seria lima? Lendo a descrição do perfume, descobri que meu nariz estava certo é Lima mesmo. Não é Limão. Tô ficando boa nisso...
Logo depois a saída cítrica se acalma e começa um atalcado muito confortável, morninho, que se acalma na pele, posso sentir um docinho de baunilha no fundo. Não é um doce gourmand, enjoado, nada parecido com bolo. É uma baunilha refinada.
É muito delicado! Muito Suave!
Não é um perfume sensual, é um cheiro de banho que se prolonga, confortável, talquinho leve de bebê, nada que lembre penteadeira de vó, até quem não gosta de talco vai gostar.

Amei!
Nota 9 dentro da sua proposta em ser uma versão bem suave de um clássico oriental: Suave, de bom gosto, discreto, confortável, intimista, aconchegante, delicado.

À base de lima, laranja e toques luminosos de bergamota, possui um coração delicamente floral que traz a rosa e o jasmim, incluindo sensualidade numa inesperada mistura de baunilha e ambar cinza.
Ideal para a meia estação, com acordes predominantes de baunilha, pode ser usada tanto de dia como à noite.

Nota 9. Amo.

Daniela.


segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Dioríssimo




Minha última aquisição. Adorei! Fresquinho, levinho e feminino. Puro cheiro de lírios, mas embora eu tenha gostado muito, a fixação em mim foi bem fraca. O cheiro desaparece muito rapidamente e em poucas horas não sinto mais nada. Como é um perfume para uso diurno e fixa pouco, já sei que o frasco de 50 ml vai acabar rapidinho.
É clássico, e apesar de velho, não tem cheiro de antigo.
Perfume para mulheres românticas e sonhadoras.

Nota 7 pela pouca fixação.

Denise.

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

IDYLLE - Eau de Parfum



Eu simplesmente amei esse perfume. Ultimamente venho comprando e experimentando muitos, mas juro, superar o Idylle não é para qualquer um.

Acho as descrições sobre perfumes tão abstratas e as vezes até obscuras, mas do Idylle é interessante:

"Deus Zeus teve seu romance com a princesa Dânae impedido quando ela fosse presa na torre pelo rei Acrísio seu pai, por receber a notícia através de um oráculo que seria morto por seu neto.

Aprisionada em uma das torres do castelo onde morava, como diz a tradição cujas paredes se ergueram em bronze, foi vigiada por poderosos guardas. Zeus pretendia assim, evitar que ela lhe desse um herdeiro, seu futuro assassino. Apesar de todos esses cuidados, tomado de amor pela jovem e bela princesa, deus Zeus se transforma em chuva de ouro para seduzí-la e viver este sonho de amor.

Mais que uma história de amor, um novo clássico de Guerlain. Idylle, uma fragrância delicada, momentos irracionais, momentos de loucura. Idylle, um perfume com notas sensuais criado com um acorde chypre. Um bouquet de flores frescas e sensuais, um símbolo de amor.

Enquanto criava Idylle, Thierry Wasser cuidadosamente selecionou as mais finas rosas da Búlgaria e reuniu uma exclusiva harmonia de rosas, com centelhas de framboesa e lichia. O frasco feminino e luxuoso nos revela uma jóia pura e atemporal.

Idylle é uma fragrância para a mulher que sonha em viver um "amor proibido."

Aroma de amor, de romance intenso e perturbador. Inebria, encanta, provoca suspiros e vontades, ou seja : um perigo!

O frasco lembra uma gota de ouro ou uma lágrima e o cheiro é de flores incensadas, muito aconchegante. Chypre moderno e feminino.

Nota 10!!!!

Denise

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Elizabeth Taylor - White Diamonds

Eu tentei. Sério. Tanto que comprei.
Experimentei em vários dias diferentes. Dias quentes (morri sufocada!) Dias Frios (urrrghhh! me deu dor de cabeça)
Em dias de bom e mau humor.
Dinheiro jogado fora, mas...valeu pela experiência.
Liz Taylor Never More. Sorry.
Gosto muito dos filmes dela, Cleópatra então, adoro. Mas esse cheiro não deu pra mim.



Denise, minha amiga perfumística pode provar, ela é testemunha. Mas não deu mesmo.
Concordo com minha amiga Denise, é um perfume Difícil. Até ela que gosta dos Clássicos, não aprovou.

É Forte.
Floral em demasia.
Fundo aldeídico químico.
As primeiras notas são bem agressivas, fortes, pungentes, gritantes.

Impressionante, nesse perfume tudo é muito.
Muito Floral.
Muito Aldeído.
Muito Forte.
Muito Doce.
Muito Picante.
Muito Vintage.
Datado.

Notas de Cabeça são aldehydes, bergamot, neroli, orange e lily.
Notas de Coração são violeta, rosa e jasmine e ylang-ylang, Egyptian tuberose e narcissus.
Notas de Fundo são oak moss, patchouli, musk, sandalwood e amber.
Perfume criado por Sophia Grojsman (Oi?) em 1991.

Só posso dizer que pra mim é Repulsivo. (Pra mim ok? opinião pessoal! (Oi Clara!) as usuárias deste perfume não precisam se sentir ofendidas, já que perfume é Percepção Pessoal) dito isto:

Acho que se diluíssemos 1/10 (1 parte de perfume para 1 parte de água) talvez fosse possível usar.
Não adianta lavar o pulso. Ele permanece após um banho normal com água e sabão.
Para as fans desse perfume é uma ótima notícia, fixa por umas 12 horas. Afff.
Já li várias resenhas, positivas e negativas, mais negativas.

Doei o meu.

Sorry. Nota 0.

Diva - Emanuel Ungaro



Perfume lançado em 1983 e se tornou um Clássico!


Fragrância Chypre Floral criada pelo renomado perfumista Jacques Polge

Notas de Saída: Mandarina, Jacinto, Pau Rosa.
Notas de Coração: Jasmim, Ylang-Yalng, Iris, Tuberosa, Narciso, Rosa Turca.
Notas de Fundo: Baunilha, Sandalo, Oakmoss - Musgo de Carvalho

Envolvente sem ser invasivo.
Doce sem ser enjoativo.
 Floral sem ser datado.
 Antigo porém Moderno.


Flores Brancas, frescas, que se acalmam na pele deixando um atalcado muito sutil, balanceado, equilibrado com o doce da baunilha, não é uma baunilha teen, não lembra bolo de baunilha, é uma baunilha chique, uma baunilha agridoce, junto com o sandalo e o carvalho fazem uma combinação confortável na pele, fixação excelente!
Dá pra sentir um amadeirado muito discreto, com acentos de jasmim, discreto esse jasmim.
Leve, mas não imperceptível, marcante, envolvente é a melhor palavra para descrever esse perfume.
Combina com fins de tarde, com outono, combina com noite calma.
Eu não conseguiria usá-lo durante o dia, acho que pede uma noite amena, com temperatura em torno de 20ºC. Não é demasiado profundo para ser reservado para o inverno.
Mas definitivamente não é um perfume para dias de verão tropical.

Descontinuado, mas fácil de achar! Comprei o meu na Fragrancenet.

Nota 8.

Daniela.